Email: Senha: Encerrar sessão
Brasil, Adicione aos Favoritos Definir como P�gina Inicial
  Home
  Cadastro
  Notícias
  Consulta Tít. Eleitor
  Guia do Eleitor(TSE)
  Como Votar(TSE)
 -Eleições 2018
  Calendário Eleitoral
  Cand. Presidente
  Cand. Governador
  Cand. Senador
  Cand. Dep. Federal
  Cand. Dep. Estadual
 - Links Governos
  Senado Federal
  Câmara Federal
  Ass. Legislativas
  Governos Estaduais
  Prefeituras
  Câmaras Municipais
  TSE
  Lista TREs
 -PolíticaBR
  Famigos
  Matérias
  Sua Mensagem (Novo)
  Dúvidas
  Links
  Utilidade Pública
  Classificados
  Seu Curriculum
  Fale Conosco
  Hospedagem de Sites
  Politica de Privacidade

div>
Enquete

No se trata de Pesquisa Eleitoral, conforme art. 33 da Lei no. 9.504/97, mas de mero levantamento de opinies, sem controle de amostra, sem uso de mtodo cientfico para sua realizao, dependendo, apenas, da participao espontnea do interessado.

Se as Eleies Fossem hoje, em quem votaria para Presidente?

Lula
Fernando Henrique
Dilma Rousseff
Antony Garotinho
Jos Serra
Acio Neves
Ciro Gomes
Fernando Gabeira
Marina Silva
Heloisa Helena
Qualquer outro menos estes
Vou Anular meu Voto
Vou votar em Branco


 
Ver Resultados

Registre seu dom�nio
www.
By Nomer.com
 
 
Publicidade
Jornal Correio Popular

Jornal Correio Popular
 
Notícias - 04/11/2013

Iluminao de Natal depender de apoios

O Natal deste ano em Campinas no ter objetos decorativos em praas e postes e, no lugar dos adornos, a Prefeitura optou por encher a cidade de luzes. Para isso, o prefeito Jonas Donizette (PSB) publica, nos prximos dias, um edital com as regras para premiar a iluminao mais criativa em residncias, comrcios e condomnios, na tentativa de estimular a populao a participar do esforo de deixar as ruas mais bonitas no perodo natalino. Nos ltimos dois anos, aps a crise poltica, as atraes natalinas ficaram esquecidas diante da instabilidade no governo.

Uma premiao ser lanada para incentivar aes particulares

Jonas quer fazer um Natal sem que haja necessidade de grandes aportes de verbas pblicas. Ele no informou, no entanto, qual ser o prmio oferecido no concurso. O prefeito disse que se reuniu com os bancos pedindo que faam em Campinas o mesmo projeto decorativo que o setor promove em So Paulo, na Avenida Paulista. Pedi que iluminem as agncias no Centro e escolham tambm regies da periferia para instalarem decorao criativa, disse Jonas. Segundo o prefeito, os bancos se comprometeram a participar da decorao de Natal. Em So Paulo, as agncias costumam dar show de criatividade na decorao, tornando a avenida, na poca natalina, um ponto de atrao turstica.


A abertura do Natal est marcada para o dia 25 de novembro, com um evento no Instituto Mackenzie, na Avenida Brasil. O novo edifcio, de quatro andares, ser tomado por luzes e por corais. Segundo o coordenador da unidade, Gilson Alberto Novaes, mais de 400 vozes faro parte do coral. Na noite do evento, a Avenida Brasil ser fechada ao trnsito. A instituio optou por colocar o coral e as luzes no novo edifcio porque o prdio histrico, ao lado, que ser restaurado, no tem janelas que permitam a abertura para a presena de corais.

Jonas disse que a Prefeitura est buscando apoio da iniciativa privada, mas que a Administrao definiu que ir cuidar da iluminao de monumentos pblicos e espaos como a Estao Cultura, Palcio dos Azulejos, Pao Municipal e a Rua 13 de Maio. O prefeito afirmou que est conversando com vrios setores para poder ter adeso ao projeto natalino.

Ser, segundo o chefe do Executivo, um Natal simples, mas que ele quer que ocorra com o envolvimento da cidade. No temos recursos para bancar grandes eventos, grandes atraes, mas vamos fazer um Natal bonito, cheio de luzes.

Assim, o Natal de Luz que era realizado na Praa Arautos da Paz, durante o mandato do prefeito cassado Hlio de Oliveira Santos (PDT), no ir ocorrer. O evento inclua apresentaes de dana, msica e atraes infantis, mas o alto custo levou Jonas a desistir da reedio do projeto.

Desde 2011, quando Campinas foi assolada por uma crise poltica com a cassao de Hlio e seu vice, Demtrio Vilagra (PT), o Natal passou a ser tmido e organizado s pressas apenas para no passar em branco. Em 2011, o ento prefeito Pedro Serafim (PDT), que havia acabado de assumir o governo, optou por uma organizao simples e reaproveitou os enfeites do ano anterior, utilizando inclusive materiais reciclveis. Ano passado, prestes a terminar o mandato aps perder a eleio, o pedetista deixou a organizao de lado.





Este site é melhor visualizado com o Internet Explorer 8.0 ou Superior e resolução 800x600.
Política de Privacidade - PoliticaBR 2004-2016 - Todos os direitos reservados